segunda-feira, 6 de julho de 2009

Há bilhões de anos
lá estão elas nos observando
de cima o plano toma cores
e estamos estáticos, fossilizados
nus e agarrados
dois corpos em um único espaço
contrariando todas as leis da física

Há bilhões de anos
estamos alinhados
corpo e alma
e esquecendo o que não serve de lembrança
a nossa sombra derrete a luz
o meu corpo derrete e se funde ao teu
Esse mundo já ficou pequeno pra nós
Agora, eu e você somos o mundo e nada mais existe
Além de nós
o resto é irreal
Vou desenhar pra você um novo universo
inverso, o avesso das palavras
uma linguagem escrita por olhares
uma esfera brilhante, a gênese de uma nova dimensão

Há bilhões de anos
lá estão elas nos observando
as estrelas, sempre tão serenas
nos envolvendo como parte da constelação.

10 comentários:

Adriana Godoy disse...

E a gente continua olhando e admirando e fazendo parte desse universo. As estrelas estão lá e nós aqui, uma simbiose estranha, mas adorável. Belo, Paes, seu poema. Beijo.

Nátalin Guvea disse...

Cada frase!
O mundo aqui dentro, há bilhões de anos.Você desenha meu universo, cada vez que minha alma deita na sua.
Texto lindo amor.
Mesmo!
O mundo está ficando pequeno e as palavras tambem, mas quando eu te olhar eu te mostro.

Beijos.

Anita Mendes disse...

aiaiai.. que garota de sorte é essa hein?(rs)

"e esquecendo o que não serve de lembrança
a nossa sombra derrete a luz
o meu corpo derrete e se funde ao teu
Esse mundo já ficou pequeno pra nós
Agora, eu e você somos o mundo e nada mais existe"

gostei de tudo !
espero que continue apaixonado por um bom tempo.. isso realmente move teus poemas.
beijos pra ti, Anita.

Thayla Ramos disse...

Ótimo post Vini! Já que sempre passo por aqui mas nunca marco presença, hoje resolvi comentar haha. Que bom que vc gostou do blog viu, obrigada e volte sempre! ráaa

Beijo.

Cintia Ferreira disse...

Sim, há bilhões de anos as coisas mudam e se repetem num controvérsia inexplicável. Nossos antepassados faziam pedidos, e nós fazemos também os nossos, mas ja não são os mesmos.
Muito bom..bjo poetinha
Sdd do povo!

Nátalin Guvea disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nátalin Guvea disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nátalin Guvea disse...

O
Meu braço está roxo!Talvez eu tenha que ir ao médico mais tarde.
O, que saco.
Queria ta dormindo até as 3 horas da tarde com vc amor.
Mesmo vc roubando meu lado da cama.
Eu te amo.

Rodrigo... disse...

sereno...Simplesmente sereno,
parabens velhinhoo
mais um dos meu favoritos.
ha calma que esse lugar nos dá, vai lá entender.
abraçoooo
mas eu acho que vc estava alterado quando escreveu hem...
se cuidaa
t++

Rodrigo... disse...

esqueci de falar
era zuera o "alterado" rsrsrs