sexta-feira, 12 de março de 2010

Pela poesia de Rogério Skylab

NOVOS TEMPOS

Que tempos são esses ?
- perguntou-me a professora de filosofia.
Então respondi à minha maneira :
são tempos de pura sandice.

Só os loucos amam, professora.
Os outros trabalham,
à noite assistem televisão,
e depois dormem até o dia raiar.

Quando amanhece, voltam para o trabalho.
Enquanto eu durmo, sonho,
trepo e não gosto de trabalhar.

Esses são os novos tempos, professora.
Tempos de escrever como quem fala.
E não dizer absolutamente nada.


fonte: site oficial de Rogério Skylab


Um dos meus maiores ídolos. Talvez, minha principal influência, já que até o nome deste blogue vem de uma das músicas dele.

2 comentários:

Adriana Godoy disse...

Paes, um dia vi esse 'maluco" na televisão, em um programa cantando umas músicas doidas demais. O cara é muito bom. O poema, singular. Valeu. beijos.

Alexandre disse...

Rogério Skylab é muito foda....