terça-feira, 11 de maio de 2010

E o Bento chegou.

Chegou o Bento
arrebentando as entranhas e sua mãe
arrebatando nossos corações
rebento do nosso brilho
um produto de consumo, consumado por nosso afeto e carinho
mais uma alma inocente nesse mundo cão...
preciso dizer tantas pra ele:
sobre os homens, sobre o tempo, sobre a razão
avisar que não existe monstro no armário, a não ser que ele queira.
que não existe deus no céu, apenas estrelas
e que Satã faz morada na terra, pois não há inferno
Preciso contar pra ele que filosofia é algo muito importante
apresentar-lhe alguns amigos, meus... Tom Zé, Caetano, Tom Jobim, Belchior, Sérgio Sampaio, entre tantos outros...
Tenho também que lhe contar que esse mundo é feio e cruel... mas que podemos fazer ao menos do nosso quintal algo mais calmo e claro.
Que podemos ver beleza nas coisinhas mais pequenas...
Tenho que contar pra ele que dinheiro não presta, e deixa as pessoas ignorantes e infelizes...

Preciso falar com ele sobre os benefícios do álcool e da boemia, das drogas, dos cigarros, das mulheres, da poesia, do samba, da masturbação e de todo o resto que faz bem....
Preciso falar sobre os malefícios das tradições, ilusões, religões e todo o resto e faz mal.
Preciso lhe contar sobre esses homens maus, que comem outros homens.

Tenho tanta coisa pra lhe falar meu filho, só espero ter tempo pra tudo isso.

Chegou saudável, estranho como qualquer recém nascido, tem os olhos e o nariz da mãe, a minha boca.

Eu, particularmente, acho ele bem parecido comigo... adora dormir a tardinha, adora chupar os peitos de sua mãe, adora a madrugada...

É um menino lindo e puro, contrastando com esse mundo cinza.

5 comentários:

Adriana Godoy disse...

Paes, vc me emocionou com esse texto. Lindo, lindo. E Bento chegou e pode fazer a diferença e vai fazer a diferença. Vou ler de novo. Beijo.

dansesurlamerde disse...

oh, parabéns!
desejo que vivam muitas doçuras no seu quintal, e que possam levá-las para além dele.

beijo.

Nátalin Guvea disse...

É isso, é tudo isso, por mais ou menos isso que eu te escolhi pra ser pai do nosso lindo filho.

Eu chorei com esse texto
E estou indo te beijar os lábios.
e te lembrar
o quanto eu os amo.

Anita Mendes disse...

Muito bem papai! te felicito...
mas deixe os olhinhos dele fechados para ver o mundo o tempo que for necessario... pq vale muito a pena!
beijocas no papai ,na mami e na cria!
Anita.

Cenário em Preto e Branco disse...

Meu grande amigo Vini,
com certeza essa sensação de ser pai deve ser uma das melhores experiências da vida. Tenho certeza que a beleza do teu filho contrasta esse mundo cinza, porque não há nada mais puro que o brilho da inocência de uma criança.
E espero que você tenha o tempo necessário pra ensinar ao teu filho tudo o que desejar e que seja necessário.

Abraço, meu amigo.