sábado, 18 de abril de 2009

Não tenho medo do inferno. O inferno sou eu!
Queres mesmo estar em mim? Vezes nem eu quero.

v.m.paes

5 comentários:

Adriana Godoy disse...

Demais...o inferno não são os outros. ´sou eu...belo.

Nátalin Guvea disse...

eu gosto de inerno.
saudades de vc.
e amanha, é um dia aí =)

=*

Anita Mendes disse...

a falta de (auto)conhecimento é o maior medo que podemos ter ,mas a certeza de estar no inferno não o torna nada divino!

ps: gosto desses pensamentos soltos existencialitas que encontram as resposta(ou apenas se aceitam) em suas próprias dúvidas.

beijos pra ti paes,
Anita.

Texto-Al disse...

o inferno é indissociável da forma como vivemos. acredito que a maior parte das vezes está ligado às opções que tomamos.

abraço,
T.

Rodrigo... disse...

Como sempre viajando...
Muito bom Vini
abraço