terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Um balanço do meu 2009.

O ano passou tão rápido:
Descobri que sou um bom poeta
Afinal, sei onde fica o clitóris e sei o que fazer com ele
Bebo todos os dias da semana e fico bêbado ao menos nuns cinco deles
Fumo, ainda, um maço ou mais por dia
Vez ou outra fumo meu baseado, com menor frequência que antes, porém com a mesma intensidade
Ainda sou crítico com as coisas, leio bastante, jornais, livros, revistas, escrituras de banheiros públicos

Nas Segundas ouvi muito Jazz, de Mile Davis e Coltrane a John Pizzarelli
Nas terças-bossa, nas quartas-samba, nas quintas-rock, nas sextas-blues
Nos fins de semana compus minhas canções, com o mesmo violão dos anos passados, aquele que já não dá nem afinação
Me casei, fiz um filho e estou apaixonado pela minha família
Espero ansioso, todos os dias, minha esposa chegar do trabalho para treparmos feito animais e acordar toda a vizinhança
Beber vinho, sentados nus sobre a cama, e discutir filosofia, música e literatura durante a madrugada, ou simplesmente fazer declarações de amor
Depois dormir com ela em meus braços enquanto nosso neném ganha forma em seu útero
Me afastei um pouco de Nietzsche, no entanto me reencontrei com Bukowski
Ah, também re-li "Coração de Vidro", doze anos depois de ter lido-o pela primeira vez, ele continua lindo e puro, como se eu ainda tivesse oito anos


Passei mais tempo com meus pais e meu irmão, descobri que são companhias agradáveis até mesmo para mim
Procurei trabalho, tentei trabalhar e descobri que sou um bom poeta, ainda boêmio e apaixonado pela calma e serenidade das madrugadas
Embora esteja dormindo algumas horas mais cedo, ainda acordo após o meio-dia e, ainda, em jejum, como de praxe, acendo um cigarro
Ganhei alguns quilos, perdi mais um tanto de cabelo, me olho no espelho e ainda me vejo lindo
Enfim, não faço planos grandiosos para o próximo ano, vejo beleza no acontecer das coisas, e como todo bom poeta: não desejo largar a bebida e nem os cigarros.



Espero ano que vem ler mais livros, ver mais filmes, tomar mais cerveja, fumar mais cigarros, fazer mais amor com minha mulher, dizer pra ela mais vezes que a amo, ter uma horta no fundo de casa e carregar meu filho no colo


Um ótimo 2010 pra todos com muita paz, amor, álcool e poesia
Feliz Ano Novo, até breve, amigos!

7 comentários:

Nátalin Guvea disse...

E este ano descobri o que é o amor.
Que nele não há dor
É assim, puro e pleno cheio, mas cheinho de cor.
Por ele é que eu faço bonito, por ele é que eu faço um estardalhaço, por ele é que eu saio do tom e me esqueço do tempo e espaço, quase levito, faço sonhos dourados de crepom. E quando estou em seus braços, as tristezas escorrem banais da ponta do meu dedão. O meu coração aos pedaços, se remenda prum, dois, múltiplos números a mais. Por ele é que o show continua todo dia, se faz novo, melodia. Faço careta, trapaça e faço cartaz, colo por todos os lados, e grito o quanto e como quero mais (no jantar, no almoço e no raiá). Me visto de bailarina, toco trambone, sou astronauta e tudo mais. É com ele que espanto de casa as sombras da rua. Faço a lua, faço a brisa, pro meu amor dormir em paz.
Por ele, um, dois e infinitos anos a mais.

Feliz ano novo pra nós.

Nátalin Guvea disse...

(Eu te amo, muito amor)
E os vizinhos nos odeiam.haha
E o melhor das nossas noites, é que temos todas elas, por todos os dias.

Cintia Ferreira disse...

Eu espero que vc realize td isso em 2010 e tbm espero poder carregar o seu filho no colo. =)

Tenha um excelente novo ano.

Bjo pros três

Rodrigo Piscitelli disse...

Belíssimo texto-resumo-de-vida em 2009!! Magnífico!!

Admiro sua escrita. Espero que se lembre de me enviar um exemplar do seu livro quando ele surgir. Não pensou nisso ainda??

Bom, você já deve ter plantado um árvore, já fez um filho (fiquei sabendo hahaha), agora só falta o livro.

Excelente 2010 e lembre-se das sábias palavras de Saint-Exupéry sobre tornar-se responsável por aquilo que cativas...

Cotinue navegando pelos meus blogs sempre que possível.

Grande abraço.

Rodrigo... disse...

Eu continuo querendo evoluir, não sei se estou conseguindo, mas to tentando.

Apesar do meu Natal ter sido sem confraterinizações e eu estar passando o ano novo de luto, 2009 foi positivo bom.
Alias meu caro amigo, tenho uma grande novidade pra você, minha sobrinha nasceu e ela é linda.
Só vou deixar seu filho trocar idéia com ela, se ele puxar para a mãe, porque se ele puxar o pai ferrou rsrs, ele vai ter que no minímo não fumar e ser menos louco rsrs.
Feliz 2010 amigo, desejo felicidade e muita saude para sua família, e torço pra que tudo continue correndo bem pra você.
E pode ter certeza que vamos aparecer aí.
Abraço Vini
Tú faz falta aqui!

Ps: alias, sei que Jesus não nasceu no dia 25, mas eu gosto de pensar que sim, me faz acreditar que o Natal ainda existe, pena que pintaram o papai-noel de vemelho, apesar de ser São Paulino, preferia ele verde rsrs.

Nátalin Guvea disse...

30 de cada. EMPATE!
vai perder haha

Te amo amorzin.

Lih disse...

Eu o admiro muito (sei q vc sabe disso, seu convencido).
Em 2008 conheci a Natalin, 2009 ela me apresentou vc, 2010 vou carregar o Bento, fruto dos dois.
E eu amo a familia td!
Percebo que a cada ano minha sorte aumenta!
Obrigada por td Vinicius!
bjão no seu coração