sábado, 7 de fevereiro de 2009

MARULHO

v.m.paes

Dois barcos mareados

Nas ondas híbridas do amor

Nas velas vento do afeto

5 comentários:

Adriana disse...

Doces ondas do amor... gostei.

Nátalin Guvea disse...

uoi
Fico feliz de ter achado minha cozinha gastronomica, sinto que acrescenta com cheiro verde na panela.
HAHA
Sinto tambem que como estudante de jornalismo, um tiquin de sociologo e louco, me vejo em vc.
Té mais!

Ca:mila disse...

o vai constante de um mar

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

V.M.Paes disse...

o vem constante de uma saudade mareada.

Adriana disse...

Olá, hoje é minha estréia no "poema dia", se der, dê uma conferida lá. Abraço.

http://poemadia.blogspot.com/